Sejam bem vindos! Contamos sempre com sua visita e comentários por aqui viu?

Loading...

quinta-feira, 16 de agosto de 2007

Situações atuais que não se esquecem...

Os últimos momentos da vida de Mohammed Jamal al Durah foram registrados no dia 30 de setembro de 2000 pelas câmeras de TV em Gaza. Mohammed era um garoto palestino de 12 anos que estava no chão, em pânico, ao lado do pai, buscando proteção enquanto balas do exército de Israel eram disparadas, até que uma delas o atingiu fatalmente. A imagem cruel e revoltante, certamente ficará como uma das cenas mais dolorosas e dramáticas do século XX.Os conflitos mais recentes entre judeus e palestinos não são nada positivos para Israel. Durante a Intifada o país perdeu a guerra de propaganda porque a opinião pública não aceita as cenas de crianças se defendendo com pedras do exército invasor. Agora o Estado judeu é acusado de incitar uma luta por lugares sagrados na qual crianças indefesas estão novamente sendo mortas.Esse novo ciclo de violência por parte de Israel começou no dia 28 de setembro de 2000 com a visita provocativa de Ariel Sharon, líder do conservador Likud (maior partido de oposição) à Esplanada das Mesquitas em Jerusalém. O general disse que queria mostrar que qualquer cidadão israelense poderia visitar qualquer parte da cidade. A visita mostrou o contrário, já que Sharon só circulou pelo local devido ao forte aparato de sua escolta militar. Com os protestos palestinos contra Sharon veio a reação excessiva e brutal da polícia israelense, que levou à morte de sete palestinos em apenas duas horas, resultando numa reação maciça dos palestinos e num ciclo mais amplo de violência.Na história mais recente do Oriente Próximo, Sharon, é um dos personagens mais odiados pelos árabes, especialmente pelos palestinos e libaneses. Em 1982, durante intervenção israelense no Líbano, Sharon, ministro da defesa, comandou vários massacres no sul desse país e esteve diretamente envolvido na chacina que vitimou 2 mil palestinos nos campos de refugiados de Sabra e Chatila em Beirute.
+ a Palestina sai isenta nessa confusão toda? Israel é a "ovelha negra?O que você acha???

16 comentários:

Dourival Jr disse...

a verdade é que hoje todos estao a procura de grandes realizaçoes nos meios em geral e a suposta forma de vencer que encontram sao as guerras...é assustador a forma em que os conflitos e o porque eles acontecem, sendo que a regiao atingida da qual tem a religiao como o centro de tudo , no entanto nao se respeitam entre si...julgando-os sem nem ao menos refletirem em ver o que estao fazendo.
o topico esta muito interessante e infelizmente é a nossa realidade.

Wandson disse...

Oi. Meu nome � Wandson Passos, curs Pedagogia pela UEFS... Sei que minha contribui�o ser� �nfima, mas a deixarei aqui...

A estrutura do site t� de parab�ns: cursor pr�prio, trilha, cores legais... interessante.

Aqui n�o t� um coment�rio ao texto, mas ao blog em si. Inicialmente fiquei assustado: como poderiam as garotas come�arem um projeto com uma ofensiva desse porte - Oriente: a religi�o � problema?! - e assim logo de cara? Pelo t�tulo imaginei um daqueles blogs oportunistas que viam na guerra do oriente uma brecha para falar mal da religi�o e cultura alheias... estava enganado... e o quanto foi bom enganar-me!


Tenho visto, durante as leituras, os posicionamentos; como sempre, terei cr�ticas e elogios a fazer. Mas deixo-os para o momento pr�prio... em seu devido lugar. Aqui, reservo-me ao fato de parabenizar-vos pela imensa realiza�o.


Sucesso a todas voc�s!


Parab�ns!

ramon disse...

Assunto interessante e polemico, Palestina e Israel se destroçam ha muito tempo e na maioria de suas vezes por territ�rios sagrados ou nao...Sou contra todo tipo de abuso sofrido pelos palestinos e demais povos. Entretanto volto a expor um erro que nao pode haver em sites de valor democratico que e essa visao de apenas um dos lados, no caso retratado a ofensa foi os israelitas, mais precisamente seu Governo, temos que julgar as duas partes na mesma balan�a, afinal todos temos erros e acertos...

Anônimo disse...

MAssa

Victor disse...

Esse nosso planeta, so se pode encontrar esse tipos de desgraças, pessoas morrendu inocentimente e muitas vezes crianças!E a culpa é sempre de pessoas que so pensam em si proprio, onde matar ou morrer não significa nada para elas!
E a nossa maior decepção é saber que eles matam e morrem por amor ao um Deus. Mas sera que esse tal religião se estende a tal ponto! pois os ensinamentos que Deus ensinou a todos " e amar a todos, como se fossem a nos proprios" ...Mas infelismente não é isso que nos deparamos no nosso dia-a-dia! com isso podemos afirmar que o planeta em si, ja é um caso perdido!

Willys disse...

A que ponto nós chegamos... Pessoas se matando em verdadeiros campos de batalha, crinças sendo motivadas a lutar e morrer a defender aquilo que se acha certo. Guerra por discções de religiões? A religião não seria feita para manter a paz mundial?

Isso é o fim??

Certo ou errado nessa questão de rivais não seria a pergunta talvez. Talvez a pergunta mais coerente seria porque isso esta acontecendo.





aeww Galera do Blog é isso ai
muito massa ai...
Curti muito
Manu bjão

alan disse...

no mundo existem varios deuses, e todos seguem com grands convicçoes. nao podemos brincar com a fé das pessoas, devemos respeitar e acima de tudo seguirmos o exemplo de bondad e carinho q foi o maior ensinamento de Cristo, " amai ao teu proximo como a ti mesmo". nao precisa de mais nada, isto basta. deus é amor acima de todas as coisas

Everaldo Netto disse...

Falar de religião em tempos q ela se torna "pivô" de alguns conflitos é muito complicado!!Queria parabenizar a equipe pelo andamento que o blog dá,sem privilégio a nenhuma crença,mas enfatizando a informação como chave para um pensamento lógico!!Muito legal!!

Vanessa Pereira disse...

Eu diria que a religião pura não seria o problema e sim a falta de entendimento da essência da religião: Amor a Deus e ao próximo, independente de quem ele seja.
Só respondendo a pergunta final, eu acho que os dois são considerados culpados quanto a essa guerra histórica, pois nenhum dos dois países têm interesse em ceder pela terra disputada. Eles possuem interesses próprios, cultura própria e uma maldição herdada da época de Cristo quando os judeos clamaram por sua morte e declarou que seu sangue caísse sobre eles e sobre seus descendentes. Ou seja, um conflito aparentemente impossível de se resolver.

renancas disse...

Gostei muito do blog... muito bem feito... vc estão de parabens!!!
abraços e boa sorte pra vcs...

Violência disse...

Que feio... História marcante essa...É uma pena que isso aconteça...Guerras que atingem não só adultos, mas também crianças inocentes que sonham com um futuro diferente... :(!!
INFELIZMENTE essa é a realidade do nosso mundo... As pessoas do mundo contemporâneo só pensam em dinheiro e em sua maioria são bastante egoístas!!
Adorei o blog... está bastante atualizado!!!
Bjoks!!!

sandrinhopb disse...

As vezes eu chego a achar engraçado, ou no mínimo irônico, essa disputa territorial entres palestinos e judeus.
Eu fico pensando, como é q pode, logo os judeus, agirem dessa forma??
Normalmente dizem que as pessoas aprendem, as vezes, com os erros dos outros. Mas SEMPRE aprendem com os erros próprios. Eu sinceramente acho que isso não se aplica aos judeus.
Eles sabem, mais do que ninguem, oq é uma perseguição militar, ou oq é ter seus bens afanados discarademente por outros; sabem oq é trabalho escravo, e sabem o que é indiferença. Conhecem isso desde os tempos do Império Romano, e ainda assim agem da mesma forma em relação a Palestina.
Fico na dúvida se isso é engraçado, ou aterrorizante, mas como o terror está na moda, diremos que é aterrorizante. Os judeus, da faixa de gaza, contratam palestinos para lhes prestarem serviços, mas pagam tão mal, que é como se nao pagassem. Perseguem os palestinos, e vêm este povo como uma doença, que precisa ser afastada de suas proximidades, e quem sabe até excluídas do mundo. Até constroem muros visando a separeção dos povos, isso é claro, depois de roubarem suas propriedades com base em nenhum direito internacional.
O curioso nisso tudo, é que eles passaram por exatamente tudo isso.
E eu fico pensando: será que eles agem da mesma forma com os palestinos, pq seria uma forma de se vingar do "mundo", que não é merecedor de suas vivências nobres, ou será que eles gostaram da formula do holocausto e tao querendo aplicá-lo em outros lugares??
Pode parecer uma visão meio forte, e se trata de uma visão particular minha.
Sharon ja foi ocnhecer papai do céu, ou não. Mas o fato é que assim como os ditos "terroristas" do oriente médio em relaçao aos EUA tem seus motivos para entenderem o terror como um grito de liberdade. Os mesmos palestinos usam de motivos parecidos para buscarem oq precisam, e olhe que eu disse oq precisam, e nao oq querem. A verdade é que só querem oq lhes pertence por direito.
Não estou dizendo aqui que o terrorismo é certo, mas expresso minha opiniao com base na constituição federal, e na visão e percepção de mundo que me atenho.
Como pode uma etnia, que ja passou por tantos descasos e sofrimentos, agir de forma parecida com outra etnia??
E olhe que eles tiveram Jesus nas mãos, e oq fizeram com ele?? Essa parte da história, todo mundo conhece...
Flwwwww galerinha

Yargo disse...

PARABÉNS! Trabalho muito bem feito! O Blog então, sem comentários! Muito bem construído, organizado! =D
=**

Wecsley Oliveira disse...

Na verdade, ambos estão errados.
Não há lado certo em uma guerra na qual os dois países visam afirmar sua superiodade frente a nação "inimiga", ainda mais quando os confrontos envolvem pessoas inocentes que, na verdade, deveriam ser protegidas dos infortúnios e sofrimentos que a incompreensão humana causa.
Enfim, acho que ambos só estarão certos quando passarem a aceitar as diferenças existentes entre os doís países e firmarem um acordo de paz que vise a integração e não a superação.Bom, é isso.^^

Beta 3º A disse...

Oq deveria ser a solucao para tds as pessoas q estao em conflito... ou ate msm como uma maneira de alcançar a paz de espirito tao desejada na sociedade contemporanea, a religiao tem se tosnado motivos constantes de conflitos e isso e realmente desesperador..
Hj assisti ao filme Amor sem fronteiras e juntamente com dadoos chocantes como este é que a gente tem q parar pra pensar e perceber q o mundo ta uma verdadeira porcaria, as pessoas se limitam a uma vidinha insignificante e sao indiferentes, apaticas a tudo.. supondo q isso eh normal.. nao tem nd a ver com elas msm... certo?? errado!! enquanto as pessoas continuarem pensando assim nd vai mudar e o capitalismo q invisivelmente tomando conta da situação vai fazer explodir uma III guerra mundial q já começou.. só q preciso q nos dermos conta!!
a iniciativa de discutir essas questoes é brilhante!! mentes jovens pensando um novo mundo... e mais que isso.. construindo um lugar em que todos possam se expressar livremente e com dignidade, sem preconceitos a nenhum tipo de cultura ou religiao..
"Seja a mudança q vc quer ver no mundo" Dalai Lama

tudo o que voce precisa saber! disse...

Israel apenas esta defendendo e sua terra,uma vez que foi prometida para os judeus e esses conflitos não passam de uma continuação da guerra que começou a milhões antes de cristo
os palestinos se acham no direito pelo fato de que viveram a mais tempo naquela terra.